Câmera virtual no OBS Studio em Linux

Uso o OBS Studio para realizar transmissões virtual e gravação de telas, mas tive a ideia de utilizar o mesmo para realizar as vídeo chamadas, web conferências e tudo mais online que surgiu com este momento de pandemia neste ano de 2020.

Este procedimento vai ajudar você com os mais diversos programas de reuniões online: Google Meet, Zoom, Microsoft Teams, etc.

Entretanto, ao buscar informações sobre como fazê-lo em linux (no meu caso Ubuntu), comecei a deparar-me com várias dicas, dificuldades e outras coisas que nem sabia exatamente o que estavam falando.

Por fim fui tentando realizar alguns testes e deixo aqui meus procedimentos. Vamos lá!

Primeiro, qual era o meu cenário? Um notebook com Ubuntu 20.04 instalado!

Instalando o OBS Studio (APT)

O OBS Studio já esta nos repositórios, logo:

sudo apt install obs-studio

Driver v4l2loopback

Este driver tem o objetivo de criar uma nova saída de vídeo para ser usado no seu sistema operacional. Aqui entra a questão da câmera virtual! No caso do Ubuntu e nos repositórios Debian, faça:

sudo apt install v4l2loopback-dkms

Existe uma questão aqui que pode ser útil. Quando temos mais de uma entrada de vídeo no sistema ele mostra os nomes, em geral o driver da WebCam. Neste caso, vamos criar alguns parâmetros para facilitar a identificação.

sudo modprobe v4l2loopback video_nr=5 card_label="OBS Video Cam" exclusive_caps=1

Este comando irá criar um dispositivo /dev/video5 com o nome “OBS Vídeo Cam”. Pelo que vi, o exclusive_caps=1 foi sugerido por muita gente para que o Chrome possa usar o dispositivo.

Adicionar o v4l2sink

O OBS Studio permite o uso de vários Plugins, este, permite que seja direcionado a saída de vídeo para nosso dispositivo criado anteriormente.

O Plugin pode ser encontrado em https://github.com/CatxFish/obs-v4l2sink. Vou descrever os procedimentos conforme orientado na página e com algumas adequações.

Pré-requisitos

Sugiro criar uma pasta (criei na raiz da pasta do usuário) com o nome que preferir para as coisas ficarem organizadas.

mkdir camvirtual && cd camvirtual

Biblioteca QT e cmake

sudo apt install cmake qtbase5-dev

Código fonte do OBS Studio (comando dentro da pasta camvirtual)

git clone --recursive https://github.com/obsproject/obs-studio.git

Código fonte do plugin v4lsink (comando dentro da pasta camvirtual), depois acessamos o diretório e criamos uma outra pasta build e acessamos ela.

git clone https://github.com/CatxFish/obs-v4l2sink.git
cd obs-v4l2sink
mkdir build && cd build

Agora vamos compilar! E aqui que algumas coisas eu tive que alterar. Peguei essa dica em https://github.com/obsproject/obs-plugintemplate/issues/1

cmake .. \
    -DQTDIR=/usr/local/opt/qt \
    -DLIBOBS_INCLUDE_DIR="../../obs-studio/libobs" \
    -DLIBOBS_LIB="../../obs-studio/build/libobs/libobs.dylib" \
    -DOBS_FRONTEND_LIB="$(pwd)/../../obs-studio/build/UI/obs-frontend-api/libobs-frontend-api.dylib" \
    -DCMAKE_INSTALL_PREFIX="/usr" \
&& make -j4

O que foi feito? Bem, foi passado os parâmetros de onde estava o código fonte do OBS Studio e das Libs necessárias, notem que ele faz a referências para os diretórios anteriores “../../” pois foi lá que deixamos o código fonte.

Da mesma forma ele passa onde o OBS Studio esta para que depois possamos instalar o plugin. Isso é feito em -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=”/usr”. Anotem esse parte que vamos precisar dela daqui a pouco! Em seguida é feito a compilação usando 4 CPUs em paralelo, “make -j4”.

Agora instale o plugin:

sudo make install

Neste momento, verifique ao abrir o OBS Studio se no menu Ferramentas você encontrará o v4l2sink no final. Caso não consiga (como eu) vamos a mais um passo que descobri aqui https://srcco.de/posts/using-obs-studio-with-v4l2-for-google-hangouts-meet.html.

Como o autor cita, para funcionar no Ubuntu 18.04 (O nosso é 20.04 mas também funcionou), temos que instalar a libobs-dev e copiar o plugin para o lugar certo! Vamos lá!

sudo apt install libobs-dev
cp /usr/lib/obs-plugins/v4l2sink.so /usr/lib/x86_64-linux-gnu/obs-plugins/

Pronto! Agora só abrir o OBS Studio e configura o no menu ferramentas o local da saída do vídeo que criamos lá trás “/dev/video5”.

Ao abrir qualquer programa ou navegador ele deixará você escolher a Webcam que criamos!

Faça sucesso agora colocando imagens de fundos, fazendo transição, etc!!!!

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.